Almério prepara DVD e planeja novo disco para 2020

O cantor pernambucano Almério lança em breve a versão em DVD de Desempena, seu segundo álbum. O show foi gravado no início de agosto, no Teatro Santa Isabel, no Recife, com o repertório do CD, além de Ainda Vivo, de Pedro Luiz e Lucky Luciano, Meu Amozin, de PcSilva, e Lá Vem Ele, de Isabela Moraes e Pablo Patriota.

Desempena Vivo dá sequência à bem-sucedida trajetória do disco, iniciada no Estúdio Muzak, no bairro de Casa Forte, também no Recife. Lá foram gravadas, mixadas e masterizadas as 11 faixas de Desempena e mais Lá Vem Ele, “uma música que está no meu repertório há alguns anos e por questões de conceito não entrou no disco”, conta Almério.

Lá Vem Ele acabou sendo apresentada aos fãs, como um bônus, em um vídeo feito no momento da gravação, no Estúdio Muzak, lançado no canal do cantor no YouTube. Aliás, Almério confessa: adora estúdio. Tanto que por ele já gravaria um novo álbum, para 2019. Mas, por causa do lançamento do DVD, o projeto ficou para 2020.

“Vou ficar me mordendo até lá, porque adoro estúdio e adoro disco novo. Estou compondo muito, eu e Juliano já temos quatro músicas juntos, tenho outras coisas que fiz sozinho…”, contou o artista em recente entrevista à TV JC. O Juliano de que ele fala é Juliano Holanda, guitarrista, arranjador e diretor musical de Desempena, disco e show.

Junto com Rafa B (bateria), Rogê Victor (baixo) e o técnico André Oliveira, Almério e Juliano enfurnaram-se no Muzak, em 2016, patrocinados pelo Natura Musical, para produzir o álbum, lançado em março de 2017. O resultado foi tão bom que Desempena não só incluiu de vez Almério entre os principais nomes da cena musical pernambucana atual, como rendeu muito mais.

Além da coleção de críticas positivas, Desempena deu ao cantor o prêmio Revelação Petrobras, na 29ª edição do Prêmio Música Brasileira (PMB), realizado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, no dia 15 de agosto Almério concorreu também a melhor cantor de pop/reggae/rock/hip hop/funk, disputando com Chico César e Lulu Santos (que levou o título).

Almério pode contar ainda entre os frutos do sucesso de Desempena a recente turnê que fez em Portugal (abrindo inclusive as apresentações de O Grande Encontro em Lisboa e Porto) e chance de fazer um show com a baiana Mariene de Castro. Acaso a Casa vai, inclusive, virar DVD. A gravação está marcada para setembro, na Casa do Choro, no Rio de Janeiro.