CD – Frevo do Mundo

Antologia renova o ritmo pernambucano unindo a tradição dos seus metais com novas texturas e interpretações de João Donato, Céu, Siba, Edu Lobo, Cordel do Fogo Encantado e maestro Spok, entre outros artistas

O frevo tem muitos amantes no carnaval. No cotidiano, nem tanto. Mas o disco Frevo do Mundo (Candeeiro Records) busca justamente atrair ouvintes o ano inteiro. Com novas abordagens estéticas, esta antologia tem repertório incomum, apesar de formado por temas clássicos de Nelson Ferreira, Capiba, Luiz Bandeira e outros grandes compositores do gênero. Algumas melodias são pouco familiares até para os recifenses, numa mostra de que há muito mais do que Vassourinhas e Evocação No 1 para se escutar.

Aliás, das 14 faixas, talvez só Frevo No 1 do Recife, escrita por Antônio Maria em 1952, aqui presente na sólida interpretação de Edu Lobo, com arranjo de metais do maestro Clovis Pereira, seja facilmente conhecida em todo o país. As demais músicas, mesmo as que fizeram sucesso na Era do Rádio, hoje ficam restritas a Pernambuco.